Você está aqui: Página Inicial > PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO > Gestão de Riscos Corporativos

Gestão de Riscos Corporativos DNIT

Para a implementação da Gestão de Riscos Corporativos, a metodologia utilizada pelo DNIT, que foi baseada no COSO - Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission, se inicia com a estruturação do Ambiente Interno, fornecendo a base pela qual os riscos serão identificados e analisados qualitativamente e, para que respostas sugeridas sejam eficientes.

Gestão de Riscos Corporativos

Em 2017 foi realizado o mapeamento de riscos e obteve-se como resultado 149 riscos mapeados no DNIT Sede. Foram categorizados em um primeiro momento em três (3) categorias: operacionais, táticos e estratégicos. Esses últimos foram ainda reclassificados após uma nova análise, categorizando alguns dos riscos estratégicos em riscos corporativos. Entende-se como corporativos, os riscos que afetam a organização como um todo, que impactam diretamente na(s) atividade(s) fim e no atingimento de seus objetivos, e por esse motivo devem ser tratados prioritariamente.

Após isso, foi apresentado e validado pelo Comitê de Riscos 9 riscos corporativos. Posteriormente foram realizadas duas oficinas para a elaboração de Planos de Ação para resposta aos riscos priorizados, e novamente apresentados ao Comitê de Riscos, que validou os Planos de Ação e sugeriu mais dois riscos. Sendo assim, a carteira atual do DNIT passa a ser composta por 11 riscos corporativos priorizados.

Riscos Priorizados


Mapa de Riscos Corporativos

O resultado da aplicação das técnicas de identificação dos riscos, é a construção e atualização do Mapa de Riscos Corporativos do DNIT, que pode ser visualizado abaixo: 

Mapa de Riscos Corporativos